Batalhão da Polícia Militar inicia curso para soldados, em Junqueirópolis

Polícia Militar, na escola de formação em Junqueirópolis

Polícia Militar, na escola de formação em Junqueirópolis

A Escola Superior da Polícia Militar do 25° Batalhão de Junqueirópolis começou a funcionar esta semana. Dos 2.250 candidatos aprovados no concurso público destinado à graduação inicial de soldado de 2ª Classe, 84 iniciaram participação nas aulas na unidade formadora. O grupo composto por jovens de diversas cidades do Estado de São Paulo, entre as regionais de Campinas, Ribeirão Preto e Presidente Prudente foi dividido em três pelotões, composto por 28 alunos cada.

As salas da escola de formação foram reformadas e adaptadas para receber os alunos. O refeitório foi reformado e será administrado por uma empresa tercerizada e o alojamento tem capacitade para acomodar 44 alunos. Esta será a sexta turma formada na escola de formação de Junqueirópolis.
O Curso Superior de Técnico de Polícia Ostensiva e Preservação da Ordem Pública, como passou a ser denominado o Curso de Soldados em 2009, terá duração de 52 semanas. As primeiras 36 semanas serão destinadas à formação básica, com todas as aulas sendo ministradas em Junqueirópolis. O primeiro módulo termina em 1º de julho de 2011. Após, serão ministradas mais 16 semanas de cursos do módulo especializado. Nesta etapa os policiais passam a exercer o que aprenderam em sala de aula nas ruas, trabalhando no policiamento ostensivo. O Batalhão da PM ainda não tem informações se a segunda etapa (aulas práticas) serão realizadas em Junqueirópolis.
E equipe formadora é composta pelo diretor, Major Saraiva; coordenador, capitão Ferraz; e pelos comandantes de pelotões: tenente Barros e sargento Eliomar, tenente Pedro e sargento Donato e tenente Kihara e sargento Hilton.
Segundo o tenente Barros, comandante da Polícia Militar no município, o corpo docente da escola é composto de militares e civis credenciados, capacitados e habilitados profissionalmente. “A maioria dos professores é militar com nível universitário e capacitado para exercer suas funções, porque aplicam seus conhecimentos no dia a dia do trabalho policial militar”, disse o tenente.
Os novos soldados terão em sua grade curricular disciplinas como direitos humanos, penal, penal militar e civil; psicologia; comunicação e expressão; medicina legal e criminalística; princípios e fundamentos de qualidade total; legislação organizacional e institucional; policiamento ostensivo; doutrina de polícia comunitária; pronto-socorrismo; tiro e atividades físicas.
“O curso qualifica tecnicamente o soldado para análise e execução, de forma produtiva, das funções próprias de polícia ostensiva e de preservação da ordem pública, em conformidade com a filosofia que norteia a polícia comunitária, além de outras atribuições definidas em lei”, lembrou Barros. Ao término do curso, os novos soldados serão classificados e distribuídos para prestarem serviços em diversas unidades do Estado, inclusive na nossa região.
Para o município, a vinda dos novos soldados traz a expectativa de aquecimento nas vendas do comércio em geral e também no mercado imobiliário. São 84 homens, além dos instrutores da Polícia Militar que estarão convivendo com a comunidade  local por um período de aproximadamente um ano.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
You can leave a response, or trackback from your own site.
Powered by WordPress